O que é a jornada de compra em um processo de inbound marketing?

Postado em 26 de março de 2019 por Agência WEBI na categoria Blog

Tcharãn! Cá está a WEBi, novamente com mais um conteúdo que ajudará sua empresa a entender um pouquinho mais sobre o universo mágico do inbound marketing.

Nada é por acaso e acontece assim, de repente… nem os nossos superpoderes!

Há muita confusão sobre o tema e empresas compartilhando conceitos equivocados na grande rede. Mas fique tranquilo, os nossos Heróis estão aqui para explicar o que de fato é inbound marketing e de que forma o target é atraído pelas marcas e sugestionado ao seu consumo.

Antes de mais nada, transformar visitas em oportunidades de venda requer estratégias e ações reais capazes de chamar a atenção do público-alvo, despertando nele um forte desejo de compra.

 

O grande responsável pela atração de novos clientes é o inbound marketing, pilar estratégico dos grandes planos de marketing digital. Por meio de técnicas de SEO, automação de marketing, gestão de redes sociais e marketing de conteúdo – tudo acontece.

Empresas geram mais negócios e vendem mais, reduzindo drasticamente investimentos em campanhas patrocinadas. E é justamente assim que acontece, publicando conteúdos relevantes e atraentes – em sinergia com automação de marketing, redes sociais e site responsivo – que os algoritmos do Google ficam “louquinhos”. Dando maior destaque e melhores posições ao seu site.

 

Comportamento do consumidor

O comportamento do consumidor é algo que precisamos nos atentar para termos a noção exata de quais ações realizaremos. Os movimentos do nosso target quando se depara com a nossa marca na rede são o que precisamos saber para escolher a melhor estratégia a seguir.

 

“Agora, todo cuidado é pouco! Não chegamos a atrair ninguém, o caminho percorrido pelo cliente até a nossa marca é desconhecido até que mapeemos o seu processo, a sua jornada, e conheçamos o passo a passo do seu percurso”

 

A WEBi sempre presente na vida de parceiros e clientes não faria outra coisa senão detalhar como tudo isso acontece e de que forma o tráfego orgânico pode transformar visitas em oportunidades de venda.

 

Are u ready for the next level? C´mon! Let´s Rock!

Descoberta do usuário

O processo de descoberta do usuário é uma etapa preliminar e bastante insípida. Considerando o funil de vendas, o que fizermos nessa etapa com o objetivo de atrair pessoas e potenciais leads será orientado por conteúdos de topo de funil. Aqui, o indivíduo não sabe ou tem ideia do que quer ou quais são as dores que sente frente à necessidade que ainda não foi despertada.

A etapa de descoberta é uma etapa estratégica no processo de inbound marketing que busca única e exclusivamente dar aquele “empurrãozinho” no futuro cliente “pra” que ele “caia na real” e tenha o seguinte insight: “- caramba, isso é realmente top! É o que eu preciso!”

 

Insight e confirmação do problema

Após o empurrão inicial, o user (que estava mais perdido que cego em tiroteio) foi atraído pelo seu conteúdo (conteúdos relevantes e atraentes acionam os algoritmos do Google e redes sociais) e se deparou com algumas questões – de natureza pessoal mesmo.

 

“- Aparentemente, isso é o que eu preciso. Acredito que solucionará vários problemas meus. Pensando bem, tenho certeza que me ajudará no dia a dia dos negócios. Quem sabe, aquelas questões de casa serão sanadas. Hmmm, fulano de tal pode estar precisando desse produto/serviço…”

 

Dessa forma, o estalo que era apenas um insight sobre uma possível necessidade confirmou o problema. O potencial cliente descobriu que a sua marca poderá ajudá-lo na resolução dessa questão, que até então nem existia (o usuário desconhecia o problema).

O momento da confirmação do problema, para os Heróis da WEBi, é muito importante e exige bastante atenção. É onde não podemos, em hipótese alguma, “desengajar” o “quase” lead. O nosso parceiro ainda não subiu de nível e foi convertido.

Para atingir o topo da escada, é necessário que ele preencha formulários, deixe seus dados ou, por meio de outros direcionamentos, seja levado a “bater um papo” diretamente com a sua empresa. Chats, calls e e-mails também são ótimas opções para conversão.

 

Quase lá!

O momento do “quase lá” funciona assim, o usuário despertou para uma necessidade, identificou o problema e, agora, passa buscar alternativas e opções no mercado (no caso, o seu mercado concorrente) estudando e coletando informações sobre as possíveis soluções.

Não podemos perdê-lo de vista, pois, como dito na etapa anterior, mesmo com a entrega de seus dados, a compra ainda não foi realizada, longe disso. O futuro comprador ainda está em fase de pesquisa e compilação de informações. Está pesquisando.

Durante o processo de pesquisa por informações consistentes sobre produtos, serviços e empresas, quanto mais você e sua marca produzirem de conteúdo pertinente, relevante e útil para a tomada de decisão desse “quase cliente”, mais à frente você estará da sua concorrência.

 

Faça como a WEBi, produza conteúdos estratégicos, relevantes, atraentes e com todas as técnicas que o marketing digital oferece. Os seus resultados nunca mais serão os mesmos. Ah, não queremos que se sinta perdido ou sem nenhum parceiro para ajudá-lo!

 

Tá precisando de um help! #vemprawebi

 

“Fato; quanto mais a sua estratégia comercial municiar o lead com informações que remediem algumas de suas dores, mais próximo da venda sua empresa estará”

 

Partiu pra cima! Vamos vender?!

A hora é agora! Quase clichê, mas é o momento onde você parte “pra” cima, com os superpoderes conferidos pela WEBi, e traz de vez o cliente (vamos chamá-lo assim agora, você conseguiu!) para a sua empresa. Ele esquecerá até que pesquisou por outras soluções e alternativas.

Nesse momento, a mágica acontecerá! Você dirá: “Shazam!”. E, a partir daí, com todo o seu arsenal de conteúdos bacanas e informações encantadoras, nutrirá o “cliente” com tudo aquilo que ele quer e precisa saber. A todo instante, a todo o momento. Até que a compra seja concluída. (é claro que o pós-venda acontecerá, mas será tema de futuros artigos).

A nutrição do lead com informações e materiais pertinentes para uma tomada de decisão favorável pode acontecer de diversas maneiras, uma delas é por meio da automação de marketing. Um dos pilares do inbound marketing e de grandes cases de sucesso da WEBi.  

Nutrindo, nutrindo e nutrindo… você acabou engordando o cliente! Hahaha… (rs), brincadeira! Nutriu com informações preciosas que o fizeram optar pelo seu negócio, pelo seu produto. Suas vendas certamente aumentarão.

 

Por que? Por que?… Captei vossa mensagem, amado mestre!”

Porque o inbound marketing é, de certa forma, uma ciência social (não gostamos aqui de chamá-la de ferramenta; seria depreciar por demais essa poderosa estratégia) que transforma visitas em oportunidades de venda, com a geração de conteúdos bem desenvolvidos e estruturados que promovem engajamento e dão relevância às marcas.

 

Agora que você já sabe como acontece o processo de aproximação e atração de clientes realizado pelos grandes nomes do mercado e quais estratégias são utilizadas, nunca mais permitirá que a sua empresa fique de fora dessa!

Os nossos Heróis já estão a postos na Sala da Justiça aguardando o seu sinal. Basta acionar o botão “venha me salvar” que prontamente entraremos em ação! Para essa missão, o inbound marketing será o nosso grande superpoder! Fale com os Heróis e vença a concorrência!