Como vender no WhatsApp: confira 10 dicas!

Postado em 12 de junho de 2020 por Agência WEBI na categoria Blog

Tempo de Leitura:
Quantidade de palavras:

 

Você também pode ouvir este post através do player acima!

 

Atualmente, é inegável o tamanho e a importância do WhatsApp na rotina do brasileiro. Não à toa, ele está entre as redes sociais mais utilizadas em todo o país, independente da faixa etária. Enquanto aplicativos como o Instagram são mais populares entre os mais jovens e o Facebook continua sendo o queridinho do público mais velho, o WhatsApp reúne todos em um só local. Tendo isso em mente, é importante que as ações de marketing o usem para as suas principais ações, como vender no WhatsApp, por exemplo.

E se você também quer, mas não sabe como vender no WhatsApp, hoje a Agência WEBi te explica. Na sequência deste texto, nós mostramos as principais vantagens de usar o app no processo de vendas da sua empresa e listamos 10 dicas ensinando como vender no Whats App. Continue a leitura e aprenda a vender mais você também!

 

Quais as vantagens de vender no WhatsApp?

A grande vantagem de vender no WhatsApp tem a ver com um dado que já citamos: ele é a terceira rede social mais usada do Brasil, atrás apenas do Facebook e do YouTube — estes que, por sua vez, já são usados com o objetivo de aumentar as vendas. De acordo com as estimativas de diversas pesquisas, aproximadamente 90% dos usuários brasileiros estão no WhatsApp. Isso, por si só, já mostra a importância de usá-lo como empresa.

Porém, não para por aí. Outro fator que faz a rede social ser ótima para vendas é a rapidez que ela traz aos usuários. Hoje, a maioria das pessoas prefere receber informações através do WhatsApp justamente graças à agilidade dele. Outras formas de comunicação, como o e-mail e o SMS, por exemplo, não são mais vistos como tão práticos quanto o famoso “zap”.

Outro motivo que faz a venda pelo WhatsApp ser muito interessante é o fato de ter mais um ambiente para vendas, algo que nunca é demais. Além disso, ele é um serviço gratuito; ou seja, é quase como se você ganhasse mais uma “loja” de graça.

 

10 dicas de como vender no WhatsApp

Agora que você já conhece as vantagens, veja com as dicas abaixo como vender no Whats App:

 

1. Tenha um número profissional

Um dos piores erros que você pode cometer ao optar pela utilização do WhatsApp em suas vendas é usar seu próprio celular e seu próprio número. É preciso ter um número exclusivo para as atividades profissionais, e isso pode ser explicado de duas formas.

A primeira delas é a separação do pessoal e do profissional. Ao ter essa divisão muito bem feita, você, ao mesmo tempo, não leva os problemas da sua empresa para casa e deixa de correr o risco de se confundir e acabar enviando alguma mensagem pelo lugar errado.

A outra tem a ver com a seriedade e a confiabilidade da sua empresa. Quando um potencial cliente se interessar pelo seu produto ou serviço e resolver chamá-lo no WhatsApp, ele com certeza terá mais confiança e verá a empresa como muito mais séria se o número estiver cadastrado com o nome da loja e não do dono ou de um atendente.

 

2. Utilize o WhatsApp Business

Sabendo que sua plataforma é muito utilizada para promover vendas, a equipe responsável pelo WhatsApp e suas atualizações já se adaptou à situação e desenvolveu o WhatsApp Business. Ele nada mais é que uma versão do aplicativo voltada especialmente para o uso e para as necessidades de empresas, oferecendo ferramentas muito interessantes.

Uma que vale a pena ser citada é a possibilidade de se cadastrar com um número fixo. Com isso, você não precisa comprar um celular novo para ter o seu número profissional, e pode acessá-lo através do computador. Outras funcionalidades específicas da versão Business do aplicativo são a avaliação de métricas e a programação de mensagens automáticas.

 

3. Peça a permissão para o contato

Este ponto é importantíssimo; e é o primeiro que diz respeito ao contato com seus clientes. Nunca, em hipótese alguma, envie mensagens para as pessoas sem que elas tenham dado a permissão para este tipo de contato. Isso porque, além de o WhatsApp ser muito prático, ele também é uma ferramenta muito pessoal — e muitos podem achar você invasivo caso haja um contato sem permissão prévia.

Há duas coisas que você pode fazer para trazer seu público para o WhatsApp. A primeira é, através de outros meios, pedir essa permissão. A segunda é deixar o seu número, ou, de preferência, um botão que leve a ele, disponível em outros ambientes digitais. Dessa forma, o usuário é quem entrará em contato com você. Em ambos os casos, a probabilidade de ter uma conversão é muito maior.

 

4. Aposte nas listas de transmissão

A lista de transmissão é uma funcionalidade do WhatsApp que consiste na criação de uma lista com vários contatos. Tendo a lista feita, o dono pode enviar uma mesma mensagem a várias pessoas, com o diferencial de que cada uma delas irá receber de forma individual.

Ainda que um resultado parecido possa ser obtido com a criação de um grupo, a solução do grupo pode incomodar as pessoas, já que em um grupo todos podem falar. Isso pode vir a causar certa antipatia em relação à empresa por parte dos usuários. 

Você pode usar a lista de transmissão para enviar ofertas únicas para vários contatos ao mesmo tempo sem que haja a perda da sensação de exclusividade.

Porém, aqui é preciso ficar atento, já que as listas de transmissão podem ser um tiro no pé caso não sejam bem utilizadas. Quando for elaborar as mensagens, tente não deixá-las tão impessoais assim. Por fim, caso um cliente venha a responder as mensagens, não deixe de responder de volta nunca. Isso pode ser crucial no fechamento ou não de uma venda.

 

5. Tenha um cronograma de envios

Em relação à quantidade de envios de mensagens, é preciso ser estratégico também. Você deve encontrar o equilíbrio perfeito, nem demais e nem de menos. É claro que a quantidade ideal exata de mensagens depende de cada tipo de público, e apenas você pode definir isso depois que tiver mais conhecimento sobre ele.

Porém, para começar, algo que pode ser feito é o envio de mensagens em pelo menos dois dias da semana em dias bem separados, como na segunda e na quinta, por exemplo. Uma delas pode ser uma promoção e a outra um conteúdo qualquer oriundo das outras redes da empresa.

 

6. Use gatilhos mentais

Esta é uma tática que deve ser utilizada em qualquer estratégia de marketing, e no uso do WhatsApp isso não é diferente — especialmente para mensagens de promoções. Algumas ideias que podem ser aplicadas são a sensação de escassez e a de urgência.

Quando for anunciar um produto ou serviço pelo WhatsApp, você pode deixar claro que as unidades estão sujeitas a esgotarem ou que o preço especial só ficará disponível por alguns dias. As duas alternativas são capazes de mexer com os usuários e impulsioná-los para a compra.

 

7. Aproveite o potencial de outras redes sociais

Lembra que citamos anteriormente sobre instalar um botão que leve ao seu WhatsApp nas outras redes sociais? É exatamente esta a dica aqui. Aproveite o público que você já tem no Facebook e no Instagram, por exemplo, para divulgar o seu WhatsApp. Afinal, é muito mais fácil vender por ele do que pelos anteriores, não acha?

E o contrário também é válido. Sempre que enviar um conteúdo, deixe uma mensagem no final dizendo algo como: “Para receber mais conteúdo de valor como este, siga também as nossas redes sociais!”. Utilizar uma rede social para divulgar as outras e deixar todas muito bem engajadas sempre é uma boa ideia.

 

8. Invista no conteúdo

Já falamos algumas vezes ao longo deste texto sobre não depender somente de anúncios, promoções e condições especiais em sua comunicação. Depois de um tempo, isso começa a ficar chato para o usuário. Portanto, seguindo o que já falamos: invista no conteúdo a ser divulgado.

Faça pesquisas com o objetivo de saber qual é o tipo de conteúdo que o seu público gosta de consumir e, tendo estes dados em mãos, entregue o melhor material possível baseado nisso para ele.

 

9. Utilize o WhatsApp Web

Você provavelmente já conhece o WhatsApp Web. Ele é uma funcionalidade que permite o acesso à plataforma pelo computador. Quando falamos em organização e em responder os clientes com a maior agilidade possível, não há nada que se compare ao uso da ferramenta. 

E a melhor parte: seguindo a tendência das outras ferramentas do WhatsApp e derivados, o WhatsApp Web também é gratuito.

 

10. Peça feedback para os clientes

Por fim, os resultados. Qualquer que seja o método utilizado para obtê-los, ter os resultados em mãos é uma parte fundamental de qualquer ação de marketing. Afinal, é com eles e com a avaliação deles que você pode estruturar os próximos passos da empresa, mudando algo que não estiver correto e continuando com o que estiver dando certo. 

Não à toa, utilizamos muito a seguinte frase por aqui: “Aquilo que não se pode medir, não se pode melhorar”, de William Thomson. 

Trazendo isso para a realidade do WhatsApp, o que você pode fazer, além de fazer uma análise das métricas do Business, é pedir a opinião dos seus clientes a respeito destas ações de comunicação. Caso você venha a observar algum padrão de insatisfação, é sinal de que talvez é preciso mudar algo.

 

E aí, já sabia como vender no WhatsApp? Está se sentindo pronto para isso agora? Caso tenha gostado de aprender a como vender no WhatsApp e queira aprender ainda mais com quem entende do assunto, não deixe de seguir as redes sociais da Agência WEBi! Por aqui, nós estamos sempre nos dedicando para trazer um conteúdo especial para você!

Siga-nos no Facebook e no Instagram para receber mais!