Marketing de Conteúdo: voando alto e superando a concorrência

Postado em 2 de abril de 2019 por Agência WEBI na categoria Blog

Tempo de Leitura:
Quantidade de palavras:

Conteúdo, conteúdo e mais conteúdo! Será que a WEBi só sabe falar sobre conteúdo?! Hmmm… (emoji pensativo)… wait! i´m thinking!

Basicamente, [aqui a pegada é meio relativa, vocês entenderão o porquê já já] todas as ações que atraem clientes para as marcas acontecem, via de regra, por meio da criação de conteúdo atrativo, relevante e estruturado.

Mesmo campanhas patrocinadas têm nos seus bastidores, conteúdos consistentes para sustentá-las. Queremos dizer com isso que conteúdo é o grande pilar de qualquer ação que persiga resultados efetivos e duradouros.

Ora, afinal, que “diacho” é isso de conteúdo?

 

Vamos lá que a WEBi explica!

Conteúdo é o elemento fundamental do marketing de conteúdo (Profundo, né?). É a estrutura que possibilita atrair potenciais clientes, despertando curiosidade e interesse por serviços ou produtos.

Já o processo que utiliza conteúdo para engajamento do público-alvo e growth da base de clientes – gerando valor para as pessoas e fortalecendo as marcas – é denominado marketing de conteúdo.

Para que as estratégias de marketing de conteúdo sejam eficazes, é necessário que o conteúdo esteja de acordo com a ação planejada.

 

Existem diversos tipos de conteúdo, e cada um para uma finalidade diferente. São eles:

1- Blog post

2- Infográfico

3- Webinar

4- Ebook

5- White Paper

6- Guia

7- Caso de Sucesso

8- Vídeos

9- Imagens

 

Agora que entendemos a finalidade do conteúdo nas estratégias de marketing digital, precisamos saber como os conteúdos se tornam relevantes e “aguçam” os algoritmos do Google de maneira a melhorar o ranqueamento dos sites conexos.

Um dos principais responsáveis por essa “mágica” é o SEO (Search Engine Optimization). Basicamente, o SEO pode ser traduzido para a linguagem “popular” como otimização de sites. A grosso modo, é o conjunto de técnicas que utilizam palavras-chave (keywords) para melhorar o posicionamento de sites nos mecanismos de busca orgânica do Google.

Nesse momento, vocês podem estar em dúvida, mas a WEBi explica tudo para você! Vamos com calma! So slowly, at flow!

 

Keyword x produção de conteúdo

Aquela velha história de palavras-chave constituídas por uma única palavra está com os dias contatos. Hoje, não é apenas uma questão de tendência, se trata de matemática computacional.

As linhas de programação e os algoritmos dos principais buscadores, assim como os das redes sociais, estão dando mais “atenção” às palavras-chave compostas por 2 ou mais palavras, de modo a formar – por vezes – uma sentença, uma frase. Essas keywords são conhecidas como long tail keywords.

A explicação é bem simples: como as palavras-chave curtas e de maior relevância acabam sendo – praticamente – de uso exclusivo das grandes marcas já estabelecidas no mercado, empresas de menor porte e com menor poder de barganha apostam nas long tail keywords a fim de não perder espaço e melhorar sua relevância.

 

Novo momento do inbound

O que mais fazemos em nosso dia a dia é estudar, avaliar e metrificar palavras para a construção de um amplo repertório / podemos chamar de “arsenal bélico” (entraremos no jogo para ganhar) / que será a base para a construção de qualquer conteúdo.

Só que agora, não basta ficarmos apenas buscando pela palavra encantada que levará o nosso conteúdo às alturas, precisamos pensar no corpo do texto como um todo. Como o conteúdo poderá trazer para si mais acesso por meio de links inseridos em outros sites ou em conteúdos próprios localizados em outras páginas do seu site. De igual maneira, o seu conteúdo também poderá gerar acesso para outros conteúdos do seu domínio.

*Esse processo de convergência e dissipação de conteúdo é conhecido como arquitetura de conteúdo. E dessa forma, com conteúdo autoral, estruturado com palavras-chave curtas ou longas, útil e atraente, os buscadores ficarão felizes em te “presentear” com o troféu “Desempenho WEBi”.

“Pronto, agora você está no topo, na primeira página do Google!”

 

Saindo do senso comum, que como vimos está ficando cada vez mais “retrô”, o termo palavra-chave tem perdido força. Várias outras formas de indexar conteúdo têm surgido, como topic clusters e pillar pages.

Caramba! Agora complicou! Cada hora é um termo novo, assim não dá!

Just relax! Somos os Heróis, esqueceu? 🙂

 

“Bora lá”

Topic Clusters

A Hubspot, estudando e analisando o comportamento das buscas online – que por sua vez têm se tornado cada vez mais humanizadas – idealizou os topic clusters, aportuguesando: grupos de tópicos.

Essa convergência, como falado acima, é o que tem dado corpo e densidade aos conteúdos, acelerando a ativação dos algoritmos e gerando mais acessos aos sites onde esses conteúdos estão publicados.  

 

Pillar Page

Não precisamos ir muito longe para entender o conceito de pillar page. A tradução é quase direta, pillar page nada mais é que página pilar – ou seja – página do website da empresa, escolhida estrategicamente [uma das principais], que reúne e centraliza diversos conteúdos acerca de um determinado tema principal (geralmente trata do core business da empresa).

A “sacada” com a pillar page é a seguinte, a partir do momento em que a empresa apresenta em seu site um espaço exclusivo para determinado tema – vital para o core, às vezes – com completude e precisão nas informações – usuários e leads recorrerão sempre a ela na hora em que precisar tirar dúvidas ou buscar por detalhes do seu negócio.

Convergindo e replicando conteúdo, o tempo inteiro, e com a relevância dada pelo usuário – que agora, considera a sua empresa autoridade no assunto – os mecanismos do Google passam a ser os seus grandes parceiros nessa jornada de escalada ao topo.

 

Dicas dos Heróis:

Todo o planejamento de marketing digital deve ser orientado às personas target do produto/serviço e ao objetivo primário da empresa. Um planejamento conciso, flexível e com muita inteligência de mercado – contará certamente com long tail keywords. Os resultados serão ainda mais consistentes.

Seguindo a linha dos conteúdos anteriores, tendências são o que não faltam. Então, vamos às principais que farão o seu conteúdo voar e – atingir às nuvens (brincadeirinha…rs.) – chegar ao topo nas buscas do Google.

 

Que tendências são essas?

1- Criatividade;

2- Experiência do usuário;

3- Centros de conteúdo de excelência;

4- Estratégia (ambiência e mercado);

5- Marketing de Conteúdo (conteúdo completo de toda empresa);

6- Neurobranding e mensuração;

7- Responsabilidade (conscientizar e mudar comportamentos).

 

“A estratégia de conteúdo deverá ser orientada à experiência do consumidor. Sempre que houver mudança de comportamento ou alteração na jornada de compra do usuário, a estratégia sofrerá ajustes e melhorias”

 

O constante ajuste do SEO é de fundamental importância para a manutenção e melhoria do tráfego orgânico do seu site. O Google precisa continuar “namorando” com o seu conteúdo para que você permaneça no “centro das atenções”. #number1

As long tail keywords precisam estar alinhadas ao público-alvo da empresa. São o levantamento frequente dos anseios do target e seus possíveis questionamentos que indicam quais tipos de palavras-chave (ou estratégias) devem ser utilizadas. Com a mineração de dados sobre o comportamento do usuário e consequente direcionamento de ações, o conteúdo gerado ganhará maior relevância.

 

“Todo e qualquer dado sobre comportamento e psicologia do consumidor muda com o tempo. Portanto, as estratégias de marketing de conteúdo devem estar em constante aprendizado”

 

Ufa! Tem mais?! Tem mais?! Não, não… por hoje é só! Mais conteúdos  (estratégicos para a sua empresa) virão por aí! A nossa equipe voltará à Sala de Justiça para recarregar os seus poderes. Enquanto isso, continue lendo os nossos superconteúdos em nosso superblog.

Vimos que conteúdo é quem “dá as cartas” às ações de marketing digital, sobretudo, às de inbound marketing. Estar na primeira página do Google, além de maior visibilidade à marca, gera mais visitas e oportunidades de venda.

 

Não sabe como elaborar um bom conteúdo ou está “afogado” em meio a “mil e uma informações e técnicas”? Fica tranquilo, o nosso papel é esse! Os 20 anos de experiência nos deram superpoderes para vencer milhares de batalhas. Os clientes da WEBi sempre saíram ganhando!

Essa é a hora que você deixará de assistir aos Heróis que mais gosta pela tela do cinema e os conhecerá ao vivo e em cores. Entre em contato conosco e conte-nos um pouquinho sobre as suas necessidades. #vemprawebi