Inbound Marketing Vs Outbound Marketing: qual é a diferença

Postado em 4 de maio de 2022 por Agência WEBI na categoria Blog

Tempo de Leitura:
Quantidade de palavras:

Sem dúvidas, o Inbound Marketing vem ganhando cada vez mais espaço nos últimos anos. No entanto, existem várias dúvidas em relação à diferença entre Inbound e Outbound Marketing. Você sabe o que diferencia as duas vertentes? E como elas são usadas na prática? 

Nós, da WEBi, preparamos este texto para acabar de vez com essas e outras dúvidas. Fique de olho!

 

O que é Outbound Marketing

Logo de início, vamos entender a definição de Outbound Marketing. Se, quando você ouve a palavra marketing, a primeira ideia que lhe vem à cabeça é uma peça de propaganda de uma marca clássica, então você conhece pelo menos um pouco do Outbound. 

Com o crescimento das mídias de massa, como rádio e televisão, no século 20, a publicidade tornou-se uma excelente ferramenta de venda. Nesse marketing mais tradicional, a ideia era oferecer produtos e serviços para possíveis clientes. 

De um modo geral, essa vertente do marketing é mais intrusiva. Isso não necessariamente é ruim, mas pode, em alguns casos, tornar a estratégia menos eficiente. O Inbound Marketing, nessa linha, segue o caminho oposto, como mostraremos adiante. 

 

Planejamento do inbound marketing é uma agência, com várias pessoas em uma mesa cheia de post-its

 

 

Outbound marketing: exemplos

Antes de entrarmos nas definições de Inbound Marketing, vale a pena pensarmos em alguns exemplos práticos de Outbound Marketing. Como foi dito, a publicidade tradicional é a cara dessa vertente. Então, os comerciais que passam na televisão são um ótimo exemplo. Outros exemplos bem conhecidos são: 

  • outdoors; 
  • anúncios em jornais e revistas; 
  • telemarketing;
  • anúncios em compra de palavras-chave no Google.

 

O que é Inbound Marketing

Agora que você já sabe mais sobre marketing tradicional, vamos analisar melhor o Inbound Marketing. É possível dizer que essa estratégia surgiu em 1999, quando Seth Godin lançou o seu livro “Marketing de Permissão”. A ideia do autor era, naquela época, pensar um marketing menos invasivo, que contasse com a autorização dos clientes para ser “convencido”. 

Pensando no telemarketing como exemplo de Outbound, é fácil compreender que, em excesso, essa estratégia pode cansar um possível cliente. Assim, o Inbound surge dessa inversão, na qual o cliente é quem procura aquilo que mais lhe interessa, sem precisar receber ofertas indesejadas. 

Vale ressaltar, ainda, que o nome Inbound Marketing foi criado por um dos fundadores da Hubspot, Brian Halligan. Esse surgimento se dá em um contexto de mudança nas estratégias de comunicação, principalmente com o rápido avanço da internet.

Aqui, a ideia de que cada pessoa tem acesso quase imediato a um grande número de informações é importante. Afinal, com a internet, essa busca se tornou ativa, a partir dos interesses e escolhas individuais. Assim, nada mais justo que as estratégias de marketing se ajustassem a esse novo cenário. 

 

Gere mais leads, oportunidades e vendas. Invista em inbound marketing!

 

 

Inbound marketing: exemplos

Para facilitar a compreensão, vamos recorrer, novamente, aos exemplos. 

Imagine que a sua televisão estragou. A princípio, você não sabe bem o que aconteceu. Então, decide pesquisar na internet para entender melhor o problema. A partir daí, acaba constatando que o conserto pode ser caro. Que tal conferir os preços de uma nova? Na procura, dependendo das ofertas encontradas, você pode optar pela compra e já escolher a loja que tem o aparelho desejado por um bom preço. 

Nesse exemplo, você não viu um anúncio de TV e resolveu comprá-la. Pelo contrário, a decisão da compra se baseou no seu interesse e em uma busca por mais informações. O Inbound segue por essa linha de raciocínio. 

Desse modo, outros exemplos de Inbound Marketing são: 

 

Inbound Marketing e Outbound Marketing: um comparativo

Para acabar de vez com quaisquer dúvidas sobre essa diferenciação, vamos comparar as características das duas vertentes do marketing. 

 

Características do Outbound Marketing:

  • publicidade tradicional; 
  • estratégias mais invasivas; 
  • resultados mais rápidos; 
  • custo maior;
  • baseado na comunicação massiva.

 

Características do Inbound Marketing:

  • maior diálogo e interação; 
  • estratégias indiretas de comunicação; 
  • informações relevantes para o público; 
  • resultados de longo e médio prazo; 
  • custo menor. 

Em resumo, vale o seguinte: no Outbound Marketing a oferta chega até você, enquanto no Inbound Marketing você chega até a oferta. 

 

 

Outbound Marketing e Inbound Marketing

Ao diferenciarmos essas duas formas de fazer marketing, talvez você fique com a impressão de que elas são opostas e, portanto, inconciliáveis. No entanto, essa oposição é um mito. 

Por atuarem de maneiras diferentes, as duas vertentes do marketing são, muitas vezes, complementares. Há pontos positivos e negativos em ambas, que devem ser considerados em sua estratégia. É o que chamamos de funil em Y.

 

Aqui na Agência WEBi, por exemplo, o foco é o Inbound Marketing, mas o Outbound também é utilizado, a fim de atingirmos os objetivos e metas dos nossos clientes. Convidamos você a conhecer mais sobre esses temas em nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Linkedin e Tiktok. Ou venha tomar um café com a gente!

* Texto produzido pela redatora da Webi, Emilly Lopes.