Anunciar no LinkedIn: é caro? Por quê?

Postado em 14 de outubro de 2021 por Agência WEBI na categoria Blog

Tempo de Leitura:
Quantidade de palavras:

 

Você também pode ouvir este post através do player acima!

 

Mesmo que o inbound tenha o âmbito orgânico como prioridade absoluta, é impossível fazer uma estratégia de marketing bem sucedida sem o auxílio dos anúncios. Seja no Google ou nas redes sociais, as ferramentas de anúncios permitem que um grande número de pessoas seja alcançado sem o investimento exorbitante exigido pelas mídias tradicionais.

Neste cenário, os anúncios do Facebook e do Instagram, assim como do Google Ads, são os mais procurados por empresas de todos os setores. Mas, e quanto a anunciar no LinkedIn? Também vale a pena?

Esta pergunta surge porque não é tão comum vermos empresas apostando nele; muitos dizem, inclusive, que anunciar no LinkedIn é caro. Mas será que isso realmente é verdade?

Afinal, quando consideramos mais que os valores brutos dos anúncios, é preciso colocar na balança algumas características importantes a respeito da rede social. Para se ter uma ideia, o LinkedIn está presente em mais de 200 países, contando com cerca de 700 milhões de usuários. Apenas no Brasil, estamos falando de mais de 50 milhões.

Portanto, antes de afirmar que anunciar no LinkedIn é caro, é necessário pensar nesses pontos. E é exatamente este o assunto que nós abordamos ao longo deste texto. Para saber tudo que você precisa sobre anunciar no LinkedIn, é só continuar a leitura abaixo!

 

Anunciar no LinkedIn é caro?

Como já citamos, sim. Os valores mínimos para anunciar no LinkedIn são muito mais altos que os de outros locais, o que causa a justa impressão de que a plataforma é mais cara que as outras.

Enquanto o Google Ads pode cobrar centavos por um clique, o custo mínimo do clique no LinkedIn é de R$ 4,00. Ao mesmo tempo, o orçamento diário mínimo é de R$ 20,00. Em outros números, o investimento mínimo para manter um anúncio no ar no LinkedIn por um mês é de R$ 1.500,00.

Para empresas menores, especialmente aquelas que acabaram de começar a investir em marketing, isso pode assustar um pouco.

Então, relativamente falando, sim: anunciar no LinkedIn é muito mais caro. Mas quais são os motivos por trás disso? E, se a rede social é tão cara assim, por que tantas empresas insistem em anunciar através dela? Respondemos tudo isso na sequência, começando com:

 

Por quê?

Existem alguns motivos por trás do alto custo de investimento em anúncios no LinkedIn. O primeiro deles é a quantidade de usuários. Mesmo que ela seja consideravelmente alta, ainda estamos falando de um número bem menor que os de gigantes como o Facebook, o Instagram e o Google.

Como há menos pessoas — e praticamente a mesma quantidade de empresas —, a atenção delas é mais valiosa, isto é, mais cara. Mas este não é o único motivo; e está longe de ser o que tem maior influência.

Na verdade, anunciar no LinkedIn é caro porque ele é uma plataforma extremamente segmentada. Um clique em um anúncio por lá é muito mais caro, mas a probabilidade de que este lead venha a se tornar um cliente é bem maior que nas outras redes que citamos.

Além disso, ele conta com possibilidades de segmentação que outras redes não têm. Enquanto o Facebook e o Instagram permitem segmentar por idade, cidade ou gênero, o LinkedIn vai além, deixando que você encontre pessoas por empresas em que trabalham, cargos que ocupam e até conhecimentos que possuem.

No final das contas, se seu produto ou serviço custa milhares ou até centenas de reais, você acha que investir R$ 4,00 para conquistar um novo cliente é muito? Como falamos na introdução, é preciso colocar tudo na balança.

 

Mesmo assim, devo anunciar no LinkedIn?

Se você está prestando atenção, deve ter reparado que dissemos que o LinkedIn é uma plataforma mais segmentada que seus concorrentes. Mas, de que segmento estamos falando? Por ser uma rede social corporativa, a maioria dos usuários que estão lá são as empresas.

E se a sua empresa atua no mercado B2B, não há dúvidas de que você já percebeu que esta é uma ótima oportunidade. Para quem vende produtos ou serviços para outras empresas, não há lugar melhor para fazer negócios que o LinkedIn.

Portanto, se o seu mercado é o B2B, não tenha dúvidas de que você deve anunciar no LinkedIn!

 

Tipos de anúncios do LinkedIn

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito dos benefícios de anunciar no LinkedIn, é importante que entenda também as possibilidades que a rede oferece. Afinal, outras plataformas trabalham com diferentes formatos de anúncios — e o LinkedIn não é diferente. Os tipos de anúncios da plataforma são divididos em:

 

Conteúdo patrocinado

Trata-se de um anúncio que aparece entre postagens, tendo o mesmo formato de um post comum, como acontece no Instagram. Trata-se do local de maior visibilidade da rede, sendo o mais indicado para atrair leads, gerar tráfego para o site e promover a marca no geral.

conteúdo patrocinado

 

Anúncio de texto

Funcionam de forma parecida com os anúncios de texto do Google Ads, aparecendo em um dos cantos da tela. Mesmo sendo menores e mais simples, podem ser ótimos para estimular uma conversão se o texto for atraente para o usuário.

anúncio de texto

 

Patrocinado no InMail

Por fim, este é um diferencial que apenas o LinkedIn tem. Por meio deste tipo de anúncio, você pode mandar mensagens diretamente para o usuário. São muito úteis para produtos e serviços com um conteúdo mais especializado e para aumentar ainda mais a segmentação.

patrocinado no inmail

 

E aí, viu como anunciar no LinkedIn pode ser uma ótima opção para sua empresa? Existem diversas redes sociais, e atuar com todas em que seu público está é fundamental. Dependendo do caso, o LinkedIn pode ser uma delas — tornando-se uma parte essencial da sua estratégia.

Independente de qual seja a sua necessidade, saiba que você pode contar com a Agência WEBi! Nós trabalhamos com serviços completos de inbound marketing que, além dos anúncios em redes sociais, ainda incluem vários outros módulos com técnicas direcionadas, especialmente para fazer sua empresa crescer!

Para saber mais, é só entrar em contato conosco!