Marketing imobiliário: o que é, por que fazer e dicas para vender mais!

Postado em 21 de junho de 2021 por Agência WEBI na categoria Blog

Tempo de Leitura:
Quantidade de palavras:

 

Você também pode ouvir este post através do player acima!

 

Se você chegou até nosso blog, independente de por onde veio, é porque sabe que apostar em estratégias de marketing é o melhor caminho para fazer sua empresa crescer. Boas ações de comunicação garantem que você encontre novos clientes e mantenha uma boa relação com os antigos.

Por outro lado, mesmo que o marketing possa ser aplicado a qualquer setor do mercado, é inegável que todos têm suas particularidades. Sendo assim, cada segmento exige técnicas distintas para obter os melhores resultados. E foi tendo isso em mente que o conceito de marketing imobiliário surgiu.

Quando levamos em conta o tempo necessário para que um interessado se torne cliente no mercado imobiliário, fica claro que o inbound marketing é a solução mais adequada. Afinal, o objetivo do inbound é justamente atrair visitantes e fazer com que eles percorram toda a jornada do funil de vendas até que, enfim, façam a compra.

E esse processo pode ser demorado; o inbound marketing é um método que trabalha a longo prazo — o que tem tudo a ver com o mercado imobiliário, onde o ticket médio é alto e as vendas demoram a acontecer. Neste texto, a WEBi fala sobre tudo isso com mais detalhes.

Vamos falar um pouquinho mais a respeito do que é marketing imobiliário, por que é tão importante fazê-lo e, por fim, ainda damos dicas para que sua imobiliária venda mais. Confira!

 

O que é marketing imobiliário?

Como seu próprio nome já afirma, marketing imobiliário é a aplicação das técnicas de marketing para o crescimento de empresas do setor imobiliário. Diferentemente de um marketing tradicional, todas as ações são muito mais focadas no que é necessário para aumentar as vendas ou aluguéis de imóveis.

Com isso, estratégias comuns incluem o desenvolvimento de anúncios de imóveis focados no encantamento dos interessados, a atração de novos clientes em potencial por diferentes canais digitais e um atendimento atencioso oferecendo suporte sempre que necessário, tanto antes quanto após a compra.

 

Por que é tão importante fazê-lo?

Em poucas palavras: porque o mercado imobiliário é um dos mais competitivos do Brasil — e é preciso se destacar para estar entre os maiores. Nos últimos anos, pudemos observar diversas fases do mercado; antes em alta, ele passou por uma crise e, agora, quando a pandemia começa a dar sinais de estar próxima de acabar, voltou a crescer.

E basta dar uma boa observada pelas cidades para perceber isso. Novos condomínios estão surgindo o tempo todo, e nada disso aconteceria se não houvesse público, não acha? É justamente esta a importância de fazer marketing imobiliário: tornar-se conhecido pelas pessoas e mostrar que você está à disposição dela e é a melhor alternativa do mercado.

 

6 dicas de marketing imobiliário para vender mais

Não poderíamos falar de marketing imobiliário sem dar algumas dicas de como você e sua empresa podem colocá-lo em prática. Acompanhe:

 

1. Entenda quem é seu público

O primeiro passo do marketing imobiliário é o mesmo adotado em qualquer outro segmento. Se você não sabe quem é o seu público, dificilmente conseguirá se comunicar com as pessoas certas. Consequentemente, suas vendas ficarão estagnadas.

Na maioria dos casos, o público de um empreendimento é definido pelo valor da unidade. Projetos diferenciados, com grandes áreas de lazer, acabamento sofisticado e apartamentos amplos, por exemplo, têm um público que faz parte da classe média-alta.

Uma vez que seu público for identificado, todas as ações seguintes passam a levá-lo em consideração — desde as configurações do público do Google Ads até mesmo a forma de escrever.

 

2. Especialize-se em uma região

Às vezes, ter mais imóveis na carteira — independente da localização — pode ser um atrativo para as imobiliárias. Afinal, muitas delas encontram dificuldades justamente nesta etapa: a de captação de imóveis. No entanto, saiba que você deve considerar a localização se quiser oferecer um serviço da mais alta qualidade.

Isso porque atuar em apenas uma cidade (ou, melhor ainda, bairro) faz com que você e seus colaboradores tenham mais conhecimento a respeito das particularidades da região. Com isso, é possível recomendar os imóveis realmente mais adequados para cada caso, garantindo que nenhum cliente saia insatisfeito.

 

3. Mostre todos os detalhes dos imóveis

Um dos pontos mais importantes para imobiliárias que atuam na internet, hoje, é elaborar os anúncios da forma mais completa possível. Mesmo que ela continue sendo obrigatória, não basta ter somente uma descrição. É fundamental também mostrar o imóvel.

Se quer que seus imóveis sejam mais bem vistos e atraiam mais clientes em potencial, inclua fotos de todos os cômodos, vídeos e, se possível, visitas 3D que permitam que o usuário faça um passeio virtual pelo imóvel.

 

4. Seja paciente com o processo de conversão

Ainda que esta dica sirva mais para a venda, ela também é válida para o aluguel. Não se esqueça: estamos falando de um investimento alto. Comprar ou alugar um imóvel não é a mesma coisa que ir ao supermercado. Seus leads podem demorar até que efetivamente façam uma compra.

Portanto, tenha paciência durante o processo de conversão. Não apresse seu cliente; por mais que esse tipo de negociação seja rotineira para você, ele pode estar tomando a decisão da própria vida — e isso não acontecerá em poucas horas.

Na prática, isso ajuda no contexto do marketing pois os usuários não verão sua imobiliária como uma empresa chata, impaciente e que não larga do pé. É preciso ter equilíbrio em tudo: ao mesmo tempo em que se mostra presente, não exagere.

 

5. Ofereça um atendimento diferenciado

Não são poucos os casos em que consumidores abrem mão de um produto ou serviço de altíssima qualidade “apenas” porque foram mal atendidos. No caso do mercado imobiliário, esta é uma realidade ainda maior — visto que o atendimento é um dos pontos mais importantes do serviço.

Se uma pessoa interessada não é bem atendida logo de cara, quando a empresa está, supostamente, tentando conquistar um cliente, que motivos ela tem para acreditar que será bem atendida e terá uma boa experiência depois? Se você quer atrair e fidelizar clientes, tenha um atendimento qualificado!

 

6. Utilize plataformas imobiliárias

Com a internet, o alcance dos anúncios de imóveis se tornou ilimitado. Além do próprio site, você pode usar as redes sociais e diversos outros locais para anunciar os imóveis presentes na carteira da empresa — efetivamente se posicionando onde as pessoas estão procurando.

Mas, além disso, ainda há a opção das plataformas imobiliárias, como ZAP Imóveis, Imovelweb e o site de vendas OLX. Ainda que não devam ser sua prioridade, elas oferecem um ótimo reforço para ser encontrado por mais pessoas.

 

Conte com uma agência especializada!

Entendeu a importância do marketing imobiliário? O que achou das nossas dicas? Sempre que fazemos esse tipo de texto, queremos mostrar que você também pode começar a fazer seu próprio marketing. No entanto, contar com uma equipe que realmente entende do assunto sempre é a melhor opção.

Felizmente, você pode contar com a Agência WEBi para isso! Além de estarmos no mercado há mais de 20 anos, nós temos expertise no mercado imobiliário. Atendemos diversas empresas do segmento e entregamos resultados expressivos, como você pode ver em nossa página sobre o assunto.

Quer saber mais? Entre em contato conosco!